domingo, 15 de fevereiro de 2015

Resenha: Livro/Filme Cinquenta Tons de Cinza

Olá leitores se vocês chegaram ate aqui para ler o que eu escrevi sobre Cinquenta tons de cinza, espero que tenha a mente aberta e antes de criticar ou pensar alguma coisa ao meu respeito, leia todo o post e tire suas conclusões depois.
Lembre-se que cada pessoa tem seu próprio gosto e pensa de um jeito... Se você for menos de 18 anos eu aconselho e não ler esse post.
Então “bora lá”.

Para quem não conhece a trilogia Cinquenta Tons (Fifty Shades of Grey, prefiro o nome original rs') é da autora EL James (Erika Leonard James).
São 3 livros composto por “Cinquenta Tons de Cinza”, “Cinquenta Tons mais Escuro” e “Cinquenta Tons de Liberdade” que virou Best-Seller Mundial.


Meus Livros *-*

Sinopse
“Quando a estudante de literatura Anastasia Steele (Interpretada por Dakota Johnson) entrevista o jovem bilionário Christian Grey (interpretado por Jamie Dornan), descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que o deseja e que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir a beleza discreta, a timidez e ao espirito independente de Ana, Christian admite também que a deseja – mas em seus próprios termos¹. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso – os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família – ele é um atormentado por demônios² do passado e consumido pela necessidade de controle. Ao embarcar num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.”

¹ "próprios termos” significa que ele gosta da relação Dominador e Submissa(Que é amarrar os pulsos, tornozelos, cobrir os olhos, dar chicotadas tudo para sentir prazer); e é isso que ele quer ter com Ana.

² "Demonios” quer dizer que ele teve uma infância difícil e traumatizada.

Ganhei esse box do meu marido quando o ultimo livro foi lançado em 2012.



Se trata de um romance intenso, um conto erótico que ganhou adaptações para os Cinemas.
O primeiro trailer do primeiro livro você pode assistir aqui em baixo. Foi lançado no último dia 12 de Fevereiro de 2015



O segundo livro vai virar filme também e esta previsto para Março de 2016 (falta muito =/) e o terceiro previsto para 2017/18 :O
Antes que você rotule e pense “É um livro/filme de Putaria!” ou “Isso é coisa do Demônio”, ou “Esse livro/filme incentiva a fazer coisa errada”, ou “Violência domestica é crime” ou até mesmo o que eu vi algumas pessoas comentando por ai exatamente desse jeito... “Se um homem pobre bater em uma mulher é violência doméstica, mas se um homem rico bater em uma mulher é Cinquenta Tons de Cinza” (Eu ri muito kkkkkk).

Na MINHA OPINIÃO não é um livro de putaria, porque putaria para mim são esses vídeos pornográficos que existem na internet/TV que mostra sexo explícito e sem nenhum pudor que as pessoas fazem com qualquer uma ou ate mesmo com mais de uma. E isso também acontece na vida real, isso sim é putaria e falta de vergonha na cara.

O livro na MINHA OPINIÃO é um conto erótico bem detalhado e um romance.
Sim! Existe um romance dramático lindo na historia que se tornou viciante, que me dominou não pelo fato de ser erótico, mas sim por ser um amor verdadeiro que duas pessoas sentem pela primeira vez uma pela outra, e como qualquer outro casal enfrenta vários obstáculos e com gostos diferentes.

Mas acho que um leitor de verdade mesmo, com a mente aberta não viu apenas o “Conto Erótico” e sim uma linda historia de amor por trás disso tudo e foi exatamente isso que eu vi.
A batalha dela para entender os gostos peculiares dele, e a batalha interna que ele enfrenta para aceitar a vida que a Ana quer.
Li e reli o livro umas 4 vezes e pretendo reler pela 5º vez, meu marido as vezes me chama de doida por ler o mesmo livro várias vezes.
Mas isso aconteceu também com a “Saga Crepúsculo” que em breve eu conto para vocês. E o meu Marido também está bem ciente sobre o que eu leio.

E quando vejo as pessoas criticando o livro ou até mesmo o filme me deixa com um pouco de raiva, porque tenho certeza que elas não conhecem o livro todo e ficam falando absurdos por ai. Sei que opiniões devem ser respeitadas, mas não criticas né.
E mesmo depois de ter lido a trilogia inteira, na minha mente nada mudou, continuo a mesma pessoa, nada mudou no meu conceito de vida.

E para as pessoas que dizem que isso é “Violência Doméstica” só tenho apenas 2 recados:
- Violência Doméstica é quando a mulher é agredida sem ela querer, isso sim é considerada Violência Doméstica que é crime!
- Ser uma Submissa é quando a mulher está completamente consciente do que vai acontecer, fazer ou sentir. Ela esta consciente de cada acontecimento e faz por Prazer, sim por prazer mesmo, então isso não tem nada a ver com Violência Domestica, pois ela assina um Contrato por escrito com tudo que ela quer e pode fazer. ;)
Não julguem antes de saber/ler sobre o que o livro se trata.
No livro explica perfeitamente o que a Ana quer e o que ela não quer e o Grey aceita cada proposta dela.

A MINHA OPINIÃO sobre o filme que eu assisti ontem (14/02/2015 – sábado) é o seguinte (para quem leu o livro e viu o filme vai entender).
Vimos a Ana querendo conhecer a vida de Christian e querendo o “mais” que na linguagem do livro é um relacionamento normal onde casais saem para namorar, passear, ir ao cinema, receber corações e flores e não a proposta indecente que o Christian propõe a Ana.



Cena do Filme *--*

Ele, mesmo não querendo o “mais” e por realmente gostar dela, aceita as condições, mas no filme, foi tudo muito rápido, tiraram algumas cenas do livro que na minha opinião era importante como a ultima folha do Livro... (Mas não irei contar kkkkk) e terminaram o filme daquele jeito... Quase que eu não saio da sala do cinema para ver se tinha uma cena extra no final depois que as letras sobem.

Para nós que lemos o livro, a gente sempre espera “mais” ou talvez aquela cena preferida do livro, que no meu caso é quando “ela pede para ele dormir com ela em sua cama, mas ele foge dizendo que não dorme com ninguém, ele vai embora, ela volta para o quarto começa a chorar, ela manda um e-mail para ele, ao invés dele responder com outro e-mail ele liga para ela e percebe que ela esta chorando, ele larga tudo, volta para a casa dela e simplesmente deita ao lado dela e dormem de conchinha (Me diz se isso não é romântico?! Kkkk).
Infelizmente essa parte não teve, dele largando tudo só para ficar com ela. =/

Claro que não tem como colocar quase 500 páginas de um livro em uma adaptação para um filme que durou 2:05 hrs
A direção do filme foi FANTÁSTICA, conseguiram adaptar o livro erótico para o cinema transformando-o em um romance sensual e dramático.

O livro como eu disse é bem detalhado, mas o filme não deixou a desejar, apesar de não ter mostrado muito os outros personagens, gostei muito porque foi “simples” perto do que se fala detalhadamente no livro, senti um pouco da falta do “interesse dominante que o Mr Grey sente por Ana”, mas tudo foi na dose certa, teve cenas hot, cenas engraçadas, cenas tristes, cenas emocionantes.



Gif de uma das cenas do filme

Os atores Dakota Johnson e Jamie Dornan atuaram muito bem, acho que eles incorporaram perfeitamente os personagens, não tenho nada a reclamar, só dizer que mostrou tudo muito rápido e o melhor é que não faltou as mensagens trocadas por e-mail que no livro é bem frequente.
A trilha sonora do filme é linda, no livro também tem, mas algumas músicas não foram autorizadas por suas bandas a fazer parte do filme, o que é uma pena.
O "The Score" (Música Instrumental) estava MARAVILHOSA, como eu amo música instrumental, acho que sou a única que assisti filmes e se concentra nas músicas instrumentais, já tenho algumas salvas no nootbook. =]

Acho que é só. Eu não ia expressar minha opinião sobre o Livro/Filme para ninguém porque infelizmente existem muitas pessoas ignorantes que não entendem gostos e opiniões diferentes, mas depois do que aconteceu ontem dentro da sala do cinema...

Quando cheguei ao meu assento já tinha umas 3 mulheres juntas com os seus 40 anos +/- conversando normalmente sobre assuntos aleatórios.
Uma delas bem educada, chegou até me oferecer pipoca.
Ai começou o filme, percebi que elas ficaram admiradas com os atores principais, e conforme ia mostrando “ a vida milionária do Mr Grey” ela ficavam “óóóóóó” KKKKKKKK’
Elas elogiaram entre si, as roupas, os carros, o helicóptero, a casa, os quartos, tudo, ficaram bem admiradas...
Aqui eu já comecei a desconfiar que talvez elas não conheciam a historia, mas deixei elas para lá e me concentrei no filme e quando mostra o "quarto vermelho e os gostos de Mr Grey” uma delas simplesmente disse assim:
“- CRUZES! CREDO, AVE MARIA!”
Eu me segurei para não rir alto, nessa hora eu tive a certeza absoluta de que elas não faziam ideia do que se tratava o Filme.
E conforme ia mostrando as cenas hot, elas falavam mais ou menos assim:
“Deus me livre levar chicotada assim, prefiro não ter nada.” KKKKKKKKK’
Teve uma hora que eu achei que uma delas fossem levantar e sair da sala do cinema.
E assim que terminou o filme, elas nem esperaram subir as letras direito, levantaram e saíram rapidinho da sala do cinema, deixando para trás o “lixinho”.
Então antes de criticar, julgar, tirar suas próprias conclusões procurem saber do que se trata o livro/filme, não digo só de Cinquenta Tons, mas de qualquer filme ao invés de simples ir ver apenas porque todo mundo está comentando.

Mas então é isso se você leu até aqui, muito obrigada, porque eu sei que falei muito e eu falo muito quando eu me empolgo.
Se você gostou do que eu falei, Ótimo. Se não... Não posso fazer nada.
Opiniões diferentes não é?! =]
Me respeitem para serem respeitado.
Beijos e até a próxima =].

© Layout elaborado por Como um Refúgio - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.